Tiago Cação derrotado no regresso ao circuito ITF

Sara Falcão/FPT

Depois de duas boas semanas de competição no circuito Challenger, em Oeiras, Tiago Cação não conseguiu transportar o bom momento de forma para o regresso ao circuito ITF. Esta quarta-feira, o tenista natural de Peniche foi derrotado na primeira ronda do ITF de 15 mil dólares de Antália, na Turquia, pelo italiano Andrea Basso. O tenista italiano, que atualmente é o 622.º do ranking ATP mas que foi 301.º em abril de 2018, venceu por 6-1 e 6-0.

Num torneio disputado ao ar livre e em terra batida, exatamente as mesmas condições nas quais competiu em Oeiras, Cação nunca conseguiu entrar verdadeiramente no jogo. O tenista luso de 23 anos venceu o primeiro jogo de serviço sem ceder qualquer ponto, mas daí para a frente o encontro saiu completamente do seu controlo e Cação não voltou sequer ao marcador.

Apesar de ter colocado 70% dos primeiros serviços, o número 524 mundial, que defendia o estatuto de quinto cabeça de série, não conseguiu controlar os pontos e acabou por vencer apenas 29 dos 82 pontos que foram jogados ao longo do encontro. No que diz respeito a break points, Cação dispôs de apenas um – que não converteu – e teve de enfrentar dez, dos quais eliminou apenas cinco.

Com uma saída de cena precoce no Club Megasaray, que recebe a prova, Tiago Cação prepara já a próxima semana de competição no que diz respeito aos singulares. O tenista português vai voltar a competir em Antália, no mesmo complexo, sendo que desta feita está inscrito na fase de qualificação, na qual é o primeiro cabeça de série. Antes disso, porém, continua em prova esta semana na variante de pares, onde faz dupla com o alemão Constantin Schmitz. Nos quartos de final da variante, Tiago Cação vai ter do outro lado da rede o compatriota Luís Faria, que faz parceria com o chileno Michel Vernier.

Total
1
Shares
Total
1
Share