Kudermetova campeã em Charleston sem ceder qualquer set

A russa Veronika Kudermetova entrou este domingo para a lista de campeãs de torneios WTA, ao conquistar o primeiro troféu da carreira no WTA 500 de Charleston. Depois de um arranque de temporada em grande nível, com uma final em Abu Dhabi e uns quartos de final em São Petersburgo, a número 38 mundial conseguiu finalmente dar o passo que faltava e bateu Danka Kovinic (91.ª WTA) na final por 6-4 e 6-2.

A tenista de 23 anos está a viver a melhor temporada da carreira e não deixou escapar a segunda oportunidade que teve de erguer um troféu, depois de ter sido menos feliz em Abu Dhabi, onde disputou a primeira final WTA da carreira. Desta feita, Kudermetova entrou determinada em mandar no encontro desde o primeiro instante e foi isso que conseguiu fazer, ainda que Kovinic tenha conseguido igualar o primeiro parcial a dada altura.

A atleta russa conseguiu controlar os pontos com o primeiro serviço – venceu 74% deles – e foi acutilante o suficiente na resposta para descobrir um total de 12 break points, dos quais precisou de converter “apenas” quatro para sair vencedora. As seis duplas faltas cometidas por Kovinic também ajudaram à missão de Kudermetova, que disparou ainda 22 winners no caminho para a vitória.

15.ª cabeça de série em Charleston, Kudermetova tornou-se na primeira tenista a vencer o evento sem ceder qualquer parcial durante toda a semana desde que Serena Williams o conseguiu em 2012. Num outro dado, a tenista russa – que vai subir ao 29.º lugar do ranking e tornar-se a número um do país – assinou seis ases na final e tem agora um total de 130 na presente temporada, o que faz dela a tenista com maior número de ases em todo o circuito (Ashleigh Barty vem logo atrás com 127).

Total
3
Shares
Total
3
Share