Borges e Cabral estreiam-se em finais Challenger no Oeiras Open

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Depois de terem atingido as meias-finais no Challenger do CIF, Nuno Borges e Francisco Cabral conseguiram dar um passo em frente e atingir a final do Oeiras Open, a primeira para ambos a este nível, depois de baterem Nick Chappell e Vladyslav Orlov por 6-2 e 6-1.

Um triunfo imaculado para a dupla 100% portuguesa, que foi demasiado forte para os opositores e cedeu apenas três jogos, quebrando a parceria contrária em seis ocasiões. “Nunca se esperam facilidades numa meia-final, mas nós sabemos que se estivermos a jogar bem, a servir e a responder bem, somos uns adversários difíceis de ter pela pela frente. Foi um jogo muito bom da nossa parte”, analisou Francisco Cabral.

Com esta vitória, Borges e Cabral – amigos de longa data e que já conquistaram seis troféus enquanto equipa – vão jogar a final da variante na segunda edição do Challenger do Jamor, onde vão encarar o russo Pavel Kotov e o tenista do Taipé Chun-hsin Tseng. “Vai ser uma final muito dura, eles não tiveram nenhum walkover, por isso estão a jogar bem”, anteviu Cabral.

“É ótimo poder jogar uma final em casa e amanhã é para ganhar”, garantiu Nuno Borges. A final será o último encontro do dia de sábado, nunca antes das 17 horas.

Total
1
Shares
Total
1
Share