Gastão Elias mais perto do top 300, Tiago Torres estreia-se no ranking ATP

Gastão Elias é o tenista português em maior destaque na atualização do ranking ATP desta segunda-feira, na sequência da chegada à final de singulares no primeiro Oeiras Open, Challenger 50 organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Estádio Nacional do Jamor.

A boa prestação no Jamor valeu ao tenista português de 30 anos uma subida de 35 lugares, com Gastão Elias a surgir na 323.ª posição — a melhor classificação desde 4 de agosto de 2019.

O ex-top 60 foi, aliás, o único português a ganhar lugares entre os oito primeiros, enquanto João Sousa desceu para 107.º e Pedro Sousa para 113.º. Frederico Silva, o número três nacional, manteve o 174.º lugar.

Para além de Gastão Elias, também Tiago Cação (subiu sete lugares, para 551.º), Luís Faria (

viu a boa campanha no Oeiras Open (chegou aos primeiros quartos de final em Challengers) ser recompensada, ao ganhar sete lugares para chegar ao 551.º.

Pedro Araújo, que passou a primeira ronda do qualifying, subiu 20 lugares e entrou no top 100 (989.º), à semelhança de Francisco Cabral, que ganhou 18 posições e é o 997.º.

Mas o dia foi sobretudo histórico para o jovem Tiago Torres, que na sequência da vitória na primeira ronda do qualifying do Oeiras Open 1 entrou no ranking ATP de singulares pela primeira vez na carreira: é o 1918.º.

Total
1
Shares
Total
1
Share