Francisco Cabral eliminado na última ronda do qualifying do Oeiras Open

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Um dia depois de somar a melhor vitória da carreira, Francisco Cabral voltou a exibir-se a um bom nível, mas não conseguiu repetir o feito da véspera e foi eliminado na última ronda do qualifying do Oeiras Open, o primeiro de dois Challenger 50 que a Federação Portuguesa de Ténis organiza no Complexo Desportivo do Jamor.

Com Evan Furness (340.º) pela frente, o jogador portuense de 24 anos (número 1015 mundial) apostou novamente num ténis muito variado para tentar quebrar a resistência do francês, recém campeão do ITF de 25.000 dólares de Vale do Lobo, mas a boa réplica não foi suficiente e depois de 1h47 perdeu por 6-3 e 6-4 no court central do Estádio Nacional.

As duas partidas desenrolaram-se de forma muito semelhante: Cabral foi sempre o primeiro a ceder um jogo de serviço, logo a abrir, mas reagiu rapidamente para anular o break. No entanto, Furness voltou à carga na reta final e, primeiro ao 4-3, depois ao 4-4, conseguiu novas quebras de serviço que lhe permitiram carimbar a vitória em dois sets para se tornar no primeiro jogador a chegar ao quadro principal do Oeiras Open vindo da fase de qualificação.

Ainda esta segunda-feira, Luís Faria, Tiago Torres e Pedro Araújo vão entrar em ação com o objetivo de se tentarem juntar aos compatriotas Gonçalo Oliveira, Gastão Elias, Nuno Borges e Tiago Cação no quadro principal.

Total
1
Shares
Total
1
Share