Oeiras Open. Pedro Araújo soma primeira vitória da carreira em torneios Challenger

Sara Falcão/FPT

OEIRAS — Poucas horas depois de Francisco Cabral, também Pedro Araújo (1009.º do ranking ATP) carimbou a primeira vitória da carreira em torneios Challenger ao entrar com o pé direito no qualifying do Oeiras Open, o primeiro de dois eventos deste circuito organizados de forma consecutiva pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor.

Na tarde deste domingo, o atual campeão nacional de sub 18 respondeu da melhor forma positiva ao convite que lhe foi entregue pela organização, ao dar a volta ao russo Pavel Kotov (268.º) para vencer, por 5-7, 7-5 e 7-5, depois de 3h02.

Na primeira grande maratona do torneio, Araújo superou um encontro extremamente equilibrado e feito de 13 quebras de serviço (!) para somar a melhor vitória da carreira.

E se no primeiro set não conseguiu aproveitar a ocasião em que serviu para fechar o parcial (ao 5-3) e acabou por consentir a reviravolta, no segundo a quebra de serviço sofrida com o mesmo resultado não o abalou e, com muita luta, o jogador da Escola de Ténis Jaime Caldeira voltou a levar a melhor no serviço do russo, primeiro cabeça de série, para igualar o encontro. Chegada a hora das decisões, o campeão nacional de sub 18 foi o primeiro a quebrar, voltou a perder o serviço de vantagem e na reta final conseguiu insistir novamente para consumar a vitória, quando o relógio do court já passava das três horas.

Com a vitória deste domingo, Pedro Araújo colocou-se a um passo do quadro principal de singulares do Oeiras Open. O apuramento vai ser discutido na jornada de domingo, com o cazaque Denis Yevseyev (388.º ATP).

Total
3
Shares
Total
3
Share