Frederico Marques sobre João Sousa: “Voltou a sentir que o nível continua dentro dele e que ainda tem muito para dar”

João Sousa colocou um ponto final no jejum de vitórias em quadros principais ao entrar com o pé direito no ATP Masters 1000 de Miami, nos EUA, e o resultado serviu de confirmação ao bom momento que o tenista português construiu nos dias anteriores.

Quem o reconheceu foi Frederico Marques, treinador do tenista vimaranense, que, em declarações ao Raquetc, abordou a última semana: “A vitória desta noite foi importante, mas muito mais importante foi a última semana de treino. A confiança ganha-se no treino e foi isso que aconteceu entre Acapulco e Miami.”

De acordo com o treinador, “o João voltou a sentir as boas sensações e a conseguir jogar ténis sem pensar na lesão e as dúvidas relativamente à movimentação e à rapidez da leitura do próprio jogo foram desaparecendo com o passar dos dias. Voltou a sentir que o nível continua dentro dele e que ainda tem muito para dar ao ténis. Está mais rápido semana após semana, mais leve…”

Em relação ao encontro com Christopher O’Connell, que o tenista português venceu após 2h49, Frederico Marques destacou que “o que funcionou melhor foi a entrega ao jogo e à competição em conjunto com uma boa energia contra a bola”, salientando ainda que “era necessário que depois da lesão o João sentisse que continua com uma boa movimentação e golpes para lutar de igual para igual nestes torneios e isso aconteceu esta semana.”

Conseguida uma vitória importante para deixar para trás um registo negativo, o treinador de João Sousa acrescentou que “estamos numa boa linha e essa linha não pode ser só vista pelas derrotas ou pelas vitórias. É óbvio que as vitórias ajudam a dar tranquilidade, ajudam a dormir mais tranquilo e recomendam-se, mas não são tudo.”

“Como já disse, ganhar é importante para dormir mais tranquilo, para subir no ranking e para estar mais descansado em termos económicos, mas sem bons treinos, sem boa energia, sem intensidade e sem intenção raramente se consegue ganhar a jogar mal”, acrescentou o treinador natural de Almada.

Ultrapassado o primeiro desafio em Miami, João Sousa vai medir forças com o francês Ugo Humbert na segunda ronda. O encontro está marcado para a jornada de sábado, ainda sem horário definido.

Total
6
Shares
Total
6
Share