Depois do brilharete no Banana Bowl, Miguel Gomes vai estrear-se em Challengers no Oeiras Open

Miguel Gomes começou o mês de março com razões para celebrar e prepara-se para sair dele com mais um motivo para festejar: aos 17 anos, o tenista português vai jogar pela primeira vez um torneio do ATP Challenger Tour, o Oeiras Open 1.

Três semanas depois de se ter tornado no sétimo português a jogar a final de singulares de um torneio Grade A, uma prestação que lhe valeu a entrada no top 30 mundial de sub 18, o jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis recebeu o último wild card para o qualifying do Oeiras Open 1.

Inicialmente, o convite tinha sido atribuído ao também português Tiago Cação, mas a entrada direta de Gonçalo Oliveira no quadro principal abriu vaga a que o penichense recebesse, como era expectável, um “upgrade” no wild card.

“Estava a sair do físico quando o Rui Machado me disse que ia jogar. No início nem estava a perceber bem, só depois é que compreendi que me iam dar um wild card para jogar o qualifying e obviamente fiquei muito feliz”, começou por revelar Miguel Gomes. “É uma grande oportunidade e estou muito agradecido à Federação Portuguesa de Ténis e a toda a equipa que tornou possível eu jogar este torneio. Agora é mostrar no campo que mereci o wild card.”

Wild cards Oeiras Open 1:

  • Gastão Elias (quadro principal)
  • Nuno Borges (quadro principal)
  • Tiago Cação (quadro principal)
  • Luís Faria (qualifying)
  • Pedro Araújo (qualifying)
  • Miguel Gomes (qualifying)
Total
2
Shares
Total
2
Share