Zverev vence final de luxo contra Tsitsipas em Acapulco e chega aos 14 títulos

Dois anos depois de ter jogado pela primeira vez a final, Alexander Zverev sagrou-se campeão do ATP 500 de Acapulco ao derrotar Stefanos Tsitsipas na madrugada deste domingo. O alemão conquistou o 14.º título da carreira, enquanto o grego perdeu pela sexta vez em finais da categoria.

Numa decisão entre os dois primeiros cabeças de série, Zverev (número sete mundial e segundo pré-designado) venceu Tsitsipas (quinto classificado no ranking e principal candidato à vitória) por 6-4 e 7-6(3) para interromper a série de vitórias do adversário, que tinha levado a melhor nos últimos cinco capítulos do frente a frente.

Naquela que foi a primeira final do ano para ambos, o alemão recuperou de um 2-4 em que enfrentou três pontos para duplo break para levar a melhor no primeiro set e resistiu a uma reta final emocionante no segundo para fechar com chave de ouro a semana que lhe valeu a quinta presença em finais desde outubro, sempre em piso rápido.

Depois das derrotas nas finais do US Open (para Dominic Thiem) e do Masters 1000 de Paris (para Daniil Medvedev), Alexander Zverev reencontrou-se com os títulos são já 14 os troféus de campeão conquistados pelo alemão de 23 anos (em 23 finais), sendo o de Acapulco o terceiro em torneios ATP 500 e primeiro desde que, em 2018, revalidou o título em Washington.

Stefanos Tsitsipas, por sua vez, falhou a oportunidade de conquistar o sexto título da carreira (e mais importante a seguir ao ATP Finals) e perdeu pela oitava vez numa final do circuito mundial. Dessas, seis derrotas aconteceram em ATP 500 e duas em Masters 1000.

De Acapulco (e do Dubai, onde Aslan Karatsev conquistou o primeiro título da carreira em singulares), o circuito segue para Miami, onde se joga o primeiro ATP Masters 1000 da temporada. Será o primeiro torneio da categoria a não contar nem com Roger Federer, nem com Rafael Nadal, nem Novak Djokovic desde outubro de 2004. João Sousa e Pedro Sousa estão confirmados no quadro principal, enquanto Frederico Silva vai jogar o qualifying.

Total
1
Shares
Total
1
Share