Nem Federer, nem Nadal, nem Djokovic: há 17 anos que não se via um Masters 1000 assim

Primeiro Roger Federer, depois Rafael Nadal, agora Novak Djokovic: o atual número um do mundo consumou, esta sexta-feira, a desistência do Miami Open, fazendo deste o primeiro ATP Masters 1000 desde a época de 2004 a não contar com nenhum dos chamados “Big Three”.

A notícia foi avançada pelo Tennis Channel no início de noite desta sexta-feira e a estatística publicada pelo produtor Enrico Maria Riva no Twitter, rede social na qual explicou que Miami será o primeiro Masters 1000 desde Paris-Bercy, em outubro de 2004, sem as presenças do suíço, do espanhol e do sérvio. Ou seja, há 138 Masters 1000 que tal não acontecia.

Também esta sexta-feira ficou confirmada a participação de Pedro Sousa no Miami Open, torneio que marcará a estreia do lisboeta de 32 anos em quadros principais de torneios desta categoria.

Notícia atualizada às 19h58.

Total
2
Shares
Total
2
Share