João Sousa vence batalha com Mischa Zverev e soma primeira vitória de 2021

Beatriz Ruivo/FPT

Diz o ditado que “quem espera sempre alcança” e com alguma insistência João Sousa (100.º do ranking ATP) carimbou, na madrugada deste domingo, a primeira vitória do ano na variante de singulares, ao qualificar-se para a segunda ronda do qualifying do ATP 500 de Acapulco, no México.

Depois de ficar “em branco” na Golden Swing sul-americana, o tenista português de 30 anos venceu uma batalha entre ex-top 30 frente ao alemão Mischa Zverev (atual 280.º) em três sets, por 7-5, 5-7 e 7-5 após 2h40 de um duelo frenético.

No terceiro encontro da história com o irmão mais velho de Alexander Zverev, João Sousa recuperou de um break de desvantagem em todas as partidas, inclusive na última, quando Mischa Zverev serviu para o encontro a 5-4. A partir desse momento, aliás, o vimaranense esteve irrepreensível e venceu os 12 pontos jogados para consumar a reviravolta com três jogos em branco.

Alcançada a primeira vitória da temporada, na superfície em que passou toda a pré-época tendo em vista a participação no Australian Open (defraudada a partir do momento em que testou positivo à covid-19), Sousa vai defrontar o ex-top 10 de juniores Stefan Kozlov (387.º ATP) na segunda de três rondas da fase de qualificação.

Total
16
Shares
Total
16
Share