Basilashvili encontra o melhor nível e é campeão em Doha

O georgiano Nikoloz Basilashvili chegou esta semana a Doha com duas vitórias nos últimos 16 encontros jogados. Este sábado, no entanto, o número 42 mundial conquistou o ATP 250 jogado naquela cidade e venceu a sua quarta final consecutiva em eventos ATP. Na grande decisão, Basilashvili bateu Roberto Bautista Agut, vencedor da edição de 2019, por 7-6(5) e 6-2.

Depois de uma semana em que encontrou o seu melhor nível e em que até eliminou um match point para vencer o regressado Roger Federer, Basilashvili assumiu o controlo da final e não permitiu que Bautista Agut tivesse quaisquer hipóteses de entrar na discussão pela partida. Em condições muito ventosas, Basilashvili não enfrentou qualquer break point. O tenista de 29 anos venceu a primeira partida no tiebreak e só na segunda partida conseguiu quebrar Bautista Agut pela primeira vez.

Com o resultado em 3-2, Basilashvili descobriu os primeiros dois break points e recorreu a winners de esquerda para confirmar o break e chegar ao 4-2. Dois jogos depois, o georgiano voltou a quebrar o serviço a Bautista Agut e confirmou a conquista do quarto título ATP da carreira.

Depois de ter perdido as primeiras duas finais que disputou (Kitzbuhel, em 2016, e Memphis, em 2017), Nikoloz Basilashvili vai já numa série de quatro vitórias consecutivas em finais e vai subir ao 37.º lugar da hierarquia mundial. Roberto Bautista Agut, por sua vez, vai subir ao 12.º posto e aproximar-se de uma reentrada no top 10.

Total
2
Shares
Total
2
Share