Frederico Silva desperdiça vantagem e cai em Marselha

Depois de duas semanas positivas no Cazaquistão, com duas presenças em quartos de final de eventos Challenger, Frederico Silva regressou ao ATP Tour este domingo na cidade francesa de Marselha. Na primeira ronda da fase de qualificação do ATP 250 gaulês, o número três nacional, oitavo pré-designado, desperdiçou uma vantagem importante no terceiro set e foi derrotado pelo australiano Matthew Ebden (285.º ATP), pelos parciais de 6-7(5), 6-4 e 7-6(5).

Perante um adversário que complicou a tarefa com um serviço poderoso, Frederico Silva acabou por começar muito bem. O caldense teve argumentos para recuperar de uma desvantagem de 4-1 na primeira partida e salvou ainda um set point antes de arrancar a vitória no tiebreak.

A um set de se apurar para a segunda ronda, o pupilo de Pedro Felner arrancou em falso na segunda partida, com Ebden a quebrar-lhe o serviço logo no jogo inaugural. Frederico Silva recuperou o break de atraso no quarto jogo, mas permitiu de imediato o contra break a Ebden, que se manteve em vantagem. O australiano protegeu-se com o serviço e continuou a incomodar o tenista português na resposta. A servir a 3-5 para se manter na discussão do parcial, Frederico Silva eliminou quatro set points e passou a “batata quente” para o lado de Ebden, que encarou o momento de alta pressão com toda a tranquilidade e fechou o parcial com um jogo em branco.

Na terceira partida, Frederico Silva acabou por desperdiçar uma oportunidade de ouro. Após um longo jogo, o caldense conseguiu quebrar o serviço a Ebden e confirmou o break com um jogo de serviço bem conseguido. A liderar por 4-1, o tenista de 25 anos teve um momento menos bom e acabou por permitir que Ebden vencesse três jogos de forma consecutiva. Com tudo empatado, o 179.º colocado da hierarquia mundial teve ainda de eliminar um break point para se adiantar por 6-5. No tiebreak, Frederico Silva até foi o primeiro a conseguir um mini break, mas Ebden recuperou a desvantagem e apoiou-se no forte serviço para dar a volta e carimbar o triunfo. O australiano terminou o encontro com 19 ases e com uma difícil vitória, conquistada ao fim de duas horas e 46 minutos.

Com o afastamento precoce, Frederico Silva termina a semana de competição bem antes do previsto. O tenista caldense está inscrito nos torneios do Dubai e de Acapulco como alternate na fase de qualificação, pelo que vai ficar à espera de desistências para saber se consegue ou não ir a jogo num dos próximos torneios do ATP Tour.

Última atualização às 18h21.

Total
2
Shares
Total
2
Share