Miguel Gomes nas meias-finais do histórico Banana Bowl

Beatriz Ruivo/FPT

O português Miguel Gomes qualificou-se, esta quinta-feira, para as meias-finais do quadro principal de singulares do Banana Bowl, um dos torneios mais importantes do circuito mundial de sub-18, em Criciúma, no estado de Santa Catarina, Brasil.

Número 67 do ranking mundial (atingiu esta semana a melhor classificação da carreira), o jovem de 17 anos, natural de Alcobaça, derrotou o eslovaco Peter Benjamin Privara (61.º), por 6-2, 6-7(3) e 10-5, para aceder às meias-finais.

O triunfo desta quinta-feira foi o sexto da semana para Miguel Gomes, que passou com sucesso pelo qualifying (no qual era o primeiro cabeça de série) e no quadro principal já tinha superado dois desafios.

Para chegar à grande final, o jovem português terá de passar pelo melhor júnior brasileiro da atualidade: Pedro Boscardin Dias, que ocupa a nona posição da tabela classificativa e defende o estatuto de quarto cabeça de série.

Aos 17 anos, Miguel Gomes é um dos dois tenistas portugueses em posição de jogar os quadros principais de torneios do Grand Slam, a par de Henrique Rocha (61.º do ranking mundial), que tal como ele faz parte da equipa do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis.

O maiato foi sorteado frente ao número 23 mundial, Jack Anthrop, na primeira ronda e só perdeu no match tie-break (4-6, 6-3 e 10-6), enquanto Jaime Faria (304.º), que também começou no qualifying, superou o brasileiro Lorenzo Esquici por 6-3, 5-7 e 10-5 antes de perder na segunda eliminatória do quadro principal para Alexander Bernard (11.º), por 6-3 e 6-2. Tiago Pereira (286.º) passou uma ronda na qualificação, enquanto Matilde Jorge (141.ª) cedeu na primeira ronda do quadro principal feminino por 6-2 e 6-3 para a grande favorita, Natalia Szabanin (número 8 mundial).

A celebrar a 51.ª edição, o Banana Bowl é um dos cinco torneios de categoria Grade A — a mais importante logo a seguir aos torneios do Grand Slam e ao Masters. Na galeria de finalistas de singulares constam dois portugueses: João Cunha e Silva, que perdeu a final de 1985 para Franco Davin, e Frederico Gil, derrotado por David Brewer na decisão de 2003. John McEnroe venceu uma das primeiras edições, ao derrotar Ivan Lendl na final de 1977.

Total
5
Shares
Total
5
Share