Miguel Gomes continua caminhada histórica rumo à final do Banana Bowl

Beatriz Ruivo/FPT

Miguel Gomes (número 67 do ranking mundial de sub-18) continua a brilhar em Criciúma, no estado de Santa Catarina, Brasil, e esta quinta-feira apurou-se para a final de singulares do Banana Bowl, um dos torneios mais importantes do circuito mundial de juniores.

Horas depois de carimbar o acesso às meias-finais, o português de 17 anos regressou ao campo e derrotou o brasileiro Pedro Boscardin Dias (nono do ranking mundial e quarto cabeça de série) por 6-4, 2-6 e 14-12, após anular um match point ao 11-12 do match tie-break decisivo.

Numa semana cheia de peripécias, Miguel Gomes tem reagido da melhor forma possível às várias adversidades: entre o mau tempo e o confinamento que se aproxima, o torneio tem de terminar até às 23 horas de sexta-feira, razão pela qual o formato dos encontros foi alterado (com recurso a short sets e match tie-breaks), para além de serem necessárias jornadas duplas.

Já apurado para a final, o tenista natural de Alcobaça iguala as campanhas assinadas por João Cunha e Silva (1985) e Frederico Gil (2003) nesta prova, que é uma das cinco da categoria Grade A, que é a mais importante logo a seguir aos torneios do Grand Slam e ao Masters.

Como derradeiro adversário, o jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis terá o vencedor do encontro entre o chinês Juncheng Shang (5.º) e o norte-americano Bruno Kuzuhara (4.º).

Total
8
Shares
Total
8
Share