Gastão Elias desiste em Faro: “Senti-me sem energia e não quis colocar-me em risco”

FARO — Três dias depois de ter disputado a segunda final da temporada, em Vale do Lobo, Gastão Elias teve uma passagem curta pelo Faro Open, torneio do qual desistiu após perder o primeiro set no encontro inaugural.

Quinto cabeça de série, o jogador português que esta semana é o 381.º colocado no ranking ATP tinha acabado de perder o primeiro set por 6-1 frente ao esloveno Tomas Lipovsek Puches (618.º), adversário que derrotou na última semana, quando abdicou da conclusão do encontro.

“Não há muito a dizer. Eu e o meu treinador já tínhamos debatido se seria uma boa ideia jogar esta semana ou não, porque a última, em Vale do Lobo, foi dura. O meu braço não está a 100% e seria bom ter alguns dias de descanso. Talvez o corpo esteja a precisar de mais um ‘tempinho’ e como me senti sem energia e algum incómodo achei que não valia a pena sacrificar-me e colocar em risco as próximas semanas. Achei melhor ir com calma, mas não é nada de grave”, justificou, ao Raquetc, depois do regresso curto ao Centro de Ténis e Padel de Faro, onde este ano se joga a 30.ª edição do histórico Faro Open.

Terminada a participação no torneio internacional de Faro, seguem-se uns dias de descanso antes do regresso à Vale do Lobo Tennis Academy, onde na próxima semana terá lugar o terceiro e último evento consecutivo na região algarvia.

Total
2
Shares
Total
2
Share