Fábio Coelho travado na primeira ronda do Faro Open

FAROFábio Coelho perdeu, esta quarta-feira, o encontro da primeira ronda do quadro principal de singulares do Faro Open, torneio internacional dotado de 25.000 dólares em prémios monetários que este ano celebra a 30.ª edição.

Convidado pela organização para o quadro principal, o jogador português de 20 anos não conseguiu contrariar o favoritismo do alemão Sebastian Fanselow (número 429 mundial que vive e treina em Lisboa) e perdeu por 6-2 e 6-3, depois de 1h40.

Apesar do bom começo (quebrou o serviço do alemão logo no jogo inaugural e confirmou o break num longo segundo jogo), Coelho não foi capaz de segurar a vantagem e perdeu os oito jogos seguintes. Com a reviravolta, a tónica do encontro alterou-se e Fanselow agarrou o ascendente, mas a persistência do português e alguns erros não forçados pouco habituais da parte do jogador germânico tornaram o segundo parcial equilibrado nalguns momentos, com destaque para o terceiro e quinto jogos (com cinco e sete vantagens cada um, respetivamente).

Afastado da variante individual, Fábio Coelho mantém-se em prova nos pares, onde ao lado de Frederico Gil carimbou, na véspera, a passagem aos quartos de final. Nos singulares, a representação portuguesa fica a cargo de quatro tenistas que ainda vão a jogo esta quarta-feira: Gastão Elias, Tiago Cação e Pedro Araújo e Luís Faria, que vão estar frente a frente.

Total
3
Shares
Total
3
Share