Alexander Zverev despede-se de Roterdão de forma inglória

A jornada de quarta-feira ainda agora começou em Roterdão e já está consumada a primeira grande surpresa. O alemão Alexander Zverev, número sete mundial e terceiro cabeça de série, foi derrotado na estreia no ATP 500 holandês pelo cazaque Alexander Bublik (43.º ATP), com os parciais de 7-5 e 6-3.

Com uma exibição muito aquém do esperado, Zverev apresentou uma quantidade anormal de erros no seu jogo. Bublik, por outro lado, mostrou uma grande maturidade e uma maior solidez no fundo do court. Com boas variações entre o forte serviço e amorties precisos, Bublik criou muitas dificuldades ao germânico e acabou por fazer uso da maior consistência para construir o triunfo. A vitória do cazaque ganha ainda mais destaque se for tido em conta o facto de que Zverev liderou por um break de vantagem em ambos os parciais.

O alemão teve excelentes arranques nos dois sets e conseguiu o break logo nos primeiros jogos, mas não conseguiu prolongar o bom momento e acabou sempre por “desligar” do jogo nos instantes seguintes. Nessas alturas, Bublik aproveitou para dar a volta à situação e não deixar Zverev voltar a entrar na discussão do encontro. Ainda assim, o alemão chegou a ter dois break points para reentrar no segundo parcial, quando o cazaque servia para fechar o encontro. Porém, o número sete do ranking ATP não conseguiu capitalizar e Bublik acabou mesmo por selar o triunfo em uma hora e 19 minutos.

Consumada a primeira grande surpresa do dia, Alexander Bublik segue para a próxima eliminatória em Roterdão. O cazaque, que conseguiu a terceira vitória da carreira sobre tenistas do top 10 (a segunda esta temporada, depois de ter derrotado Matteo Berrettini em Antália), vai medir forças de seguida com o vencedor do encontro entre Tommy Paul (56.º) e Lorenzo Sonego (35.º).

Total
1
Shares
Total
1
Share