Bautista Agut e Goffin confirmam favoritismo em Montpellier

Os dois principais favoritos ao título no ATP 250 de Montpellier confirmaram esta sexta-feira o apuramento para as meias-finais. O espanhol Roberto Bautista Agut e o belga David Goffin, primeiro e segundo cabeças de série, respetivamente, venceram os respetivos compromissos e continuam à procura do primeiro título em 2021.

Goffin foi o primeiro dos dois a entrar em court, no encontro que iniciou a jornada na cidade francesa. O número 15 mundial tem vindo a procurar ganhar a confiança de outros tempos e conseguiu diante de Lorenzo Sonego (36.º) a segunda vitória consecutiva. O tenista de 30 anos colocou 71% de primeiros serviços, venceu 75% dos pontos jogados com a primeira bola e castigou um frágil segundo serviço de Sonego de forma a construir os parciais de 6-4 e 6-4 em uma hora e 28 minutos, num encontro onde converteu 75% (3/4) dos break points que teve a favor.

Já Roberto Bautista Agut foi o último a entrar em court para, juntamente com Ugo Humbert (32.º), encerrar o dia em Montpellier. O número 13 mundial, que se encontra numa situação semelhante a Goffin, conquistou também a segunda vitória consecutiva, ainda que tenha saído atrás no marcador. Humbert entrou forte e quebrou o serviço do espanhol numa fase ainda precoce do encontro, mas Bautista Agut deu uma resposta de enorme qualidade e assim que assumiu o controlo, não o voltou a perder. O tenista de 32 anos venceu seis dos sete jogos que se seguiram, adiantou-se no marcador e transportou o bom momento para o segundo set, onde voltou a superiorizar-se. Ao fim de 76 minutos em court, Bautista Agut selou a vitória por duplo 6-3.

Para as meias-finais seguem ainda o bielorrusso Egor Gerasimov (83.º) e o alemão Peter Gojowczyk (144.º). Gerasimov saiu vencedor numa autêntica batalha frente a Alejandro Davidovich Fokina (56.º), com os parciais de 4-6, 6-4 e 7-5. Menos espetacular mas também eficaz foi Gojowczyk, que se livrou de Dennis Novak (102.º) com os parciais de 6-4 e 6-1. Nas meias-finais, o germânico cruza-se com Bautista Agut, ao passo que Goffin mede forças com Gerasimov.

Total
2
Shares
Total
2
Share