Nadal não vai a Roterdão e fica à mercê de Medvedev

Os problemas nas costas continuam a atormentar Rafael Nadal e vão custar ao espanhol a presença no ATP 500 de Roterdão. A decisão de não jogar o torneio holandês foi anunciada pelo próprio Nadal, que recorreu às redes sociais para o efeito.

Numa série de tweets, o maiorquino explica que encontrou, em conjunto com a equipa, uma “solução temporária que permitiu jogar sem dor na segunda semana do Australian Open”. Contudo, os problemas nas costas, que Nadal diz terem surgido em Adelaide e continuado em Melbourne, persistem e o número dois mundial vai seguir o conselho dos médicos e ficar de fora do próximo torneio.

“Assim que voltei para Espanha, visitei o meu médico e, em conjunto com a minha equipa, fui aconselhado a não jogar na próxima semana”, acrescentou o canhoto de Palma de Maiorca. Ainda assim, Nadal deverá estar apto para jogar o Masters 1000 de Miami, cuja lista de inscritos inclui o nome do maiorquino.

Com Nadal de fora, o ATP 500 de Roterdão ganha novos contornos de interesse no que ao ranking diz respeito. Sem o espanhol em competição, o russo Daniil Medvedev pode vir a assumir-se como o novo número dois mundial. Para isso, no entanto, o finalista do Australian Open tem obrigatoriamente que chegar à final.

Total
2
Shares
Total
2
Share