Dimitrov arrasa Thiem e regressa aos quartos de final do Australian Open

Era apontado como um dos melhores encontros de um dia recheado de ténis-espetáculo, mas terminou sem celebração: Grigor Dimitrov (21.º ATP) derrotou um Dominic Thiem muito longe do seu melhor para chegar pela quarta vez na carreira aos quartos de final do Australian Open, de longe o torneio do Grand Slam em que é mais consistente.

No sexto encontro com o austríaco, o búlgaro confirmou o ligeiro ascendente graças a uma exibição tão sólida quanto necessária que lhe permitiu aproveitar da melhor forma o visível desgaste — físico e psicológico — do número três mundial e venceu por claros 6-4, 6-4 e 6-0.

Invariavelmente marcado pela prestação de Thiem, que foi uma sombra de si próprio, o duelo ficou concluído em 2h01 e os números deixam bem patente o que aconteceu em campo: o austríaco venceu apenas 55% dos pontos no seu primeiro serviço, 32% na resposta e terminou com uma relação de 25 winners para 41 erros não forçados, números muito diferentes daqueles que há um ano o ajudaram a chegar à final e, meses depois, a tornar-se campeão do US Open.

Este é o quarto ano em que Grigor Dimitrov se qualifica para os quartos de final do “Happy Slam”. Na terça-feira, frente ao surpreendente Aslan Karatsev, terá a oportunidade de igualar a prestação de 2017, quando chegou às meias-finais (só foi travado por Rafael Nadal — e num quinto set).

Total
3
Shares
Total
3
Share