Nadal não treinou, mas está a recuperar e parte motivado para defrontar Fognini

Rafael Nadal tinha apontado o dia de sexta-feira decisivo para a evolução da lesão nas costas que o afastou da ATP Cup e afetou nas primeiras jornadas do Australian Open e 24 horas depois, já com o apuramento para os oitavos de final garantido, deixou boas indicações.

“O que me deixa mais feliz é que pela primeira vez [desde o início da lesão, há cerca de três semanas] consegui jogar quase com total liberdade de movimentos e com um nível de dores reduzido”, partilhou na conferência de imprensa que se seguiu à vitória no duelo de esquerdinos com Cameron Norrie (que venceu por 7-5, 6-2 e 7-5), para o qual não treinou de forma a dar descanso ao corpo.

Com três vitórias em Melbourne, o número dois mundial vai enfrentar nos oitavos de final Fabio Fognini, o único jogador na história a conseguir derrotá-lo depois de perder os dois primeiros sets — aconteceu no US Open de 2015.

Este sábado, o italiano afastou a última esperança da casa no quadro masculino

Total
1
Shares
Total
1
Share