À terceira é de vez: Evans vence primeiro título ATP da carreira

Para trás estavam as finais perdidas em Sydney, em 2017, e Delray Beach, em 2019. À terceira tentativa, Daniel Evans conseguiu finalmente chegar ao tão almejado troféu, o primeiro da carreira em torneios ATP. O tenista britânico, de 30 anos, venceu este domingo o Murray River Open, ao derrotar o canadiano Felix Auger-Aliassime (21.º ATP) por 6-2 e 6-3.

Muito concentrado desde o primeiro instante, o número 33 mundial realizou uma primeira partida praticamente imaculada. Evans cedeu apenas dois pontos nos jogos de serviço e criou sempre inúmeras dificuldades a Aliassime, que não teve argumentos para evitar que o britânico lhe quebrasse o “saque” por duas ocasiões.

A segunda partida seguiu a mesma toada, com Aliassime a não conseguir descobrir o caminho para os break points. Quando o fez, já Evans liderava por 5-2. O canadiano ainda conseguiu concretizar esse único break point que teve a favor, mas voltou a perder o jogo de serviço de imediato e, com isso, perdeu também o encontro.

Para Daniel Evans, este primeiro título ATP vem dar um acréscimo de confiança ao britânico para o Australian Open. Quanto a Felix Auger-Aliassime, continua “amaldiçoado” quando o assunto diz respeito a finais: em sete decisões que disputou, o canadiano perdeu todas elas.

Total
1
Shares
Total
1
Share