988 dias depois, Nicolás Kicker regressa ao circuito e com “bicicleta”

Nicolas-Kicker

Nicolás Kicker, lembra-se? Foi o 78.º classificado do ranking ATP em junho de 2017 e, em maio de 2018, foi suspenso pela Unidade de Integridade do Ténis (TIU) por um período de seis anos, devido ao facto de ter combinado resultados em encontros seus nos Challengers de Padua e Barranquilla, em 2015.

Na altura com 25 anos de idade, Kicker ficaria impedido de participar em qualquer evento oficial até maio de 2021. Contudo, uma redução de quatro meses na pena aplicada levou a que este pudesse regressar mais cedo, mais precisamente na última terça-feira, com a participação no torneio de pré-qualificação para o ATP 250 de Buenos Aires. E, dois anos e oito meses depois, regressou da melhor forma: com uma “bicicleta” (6-0 e 6-0) sobre Lucio Carnevalle.

Agora com 28 anos, Kicker procura o regresso aos lugares que já ocupou. No final da partida, visivelmente emocionado, o argentino era uma pessoa feliz. “Tenho trabalhado muito com a minha psicóloga. Nunca parei de treinar, tenho treinado há muito tempo e por isso estava tranquilo, porque tenho vindo a fazer bem as coisas. Vi um episódio de Vikings, fui dormir, levantei-me às 03h30 para ir à casa de banho, depois outra vez às 07h e levantei-me às 08h, mas senti-me bem”, explicou, em relação a como viveu a noite que antecedeu o regresso.

Total
1
Shares
Total
1
Share