Pedro Sousa vende cara a derrota para top 40 na segunda ronda em Melbourne

Depois de uma primeira ronda complicada, Pedro Sousa surpreendeu pela positiva no duelo desta quarta-feira em Melbourne, mas não conseguiu reunir argumentos suficientes para afastar um dos principais candidatos ao título e foi eliminado na segunda ronda de um dos dois ATP 250 que se jogam em simultâneo antes do arranque do Australian Open.

A jogar pela primeira vez a segunda ronda de um torneio ATP em piso rápido, o lisboeta de 32 anos (número 108 mundial) perdeu por 6-3 e 7-5 para Daniel Evans, britânico que é o 33.º e sexto pré-designado.

Com todo o favoritismo do lado do adversário, o lisboeta conseguiu estar à altura das circunstâncias e bateu-se do início ao fim pela vitória naquele que desde cedo se transformou num duelo equilibrado. Apesar de Evans ter estado quase sempre por cima, Sousa destacou-se, como habitualmente, na resposta ao serviço e conseguiu criar algumas dificuldades ao britânico, mas nos momentos decisivos acusou a pressão na pancada de serviço e não conseguiu ter armas para se desenvencilhar perante um adversário com outra experiência e, sobretudo, outro à vontade na superfície.

A derrota de Pedro Sousa deixa os ATP 250 de Melbourne sem representantes portugueses em prova, uma vez que Frederico Silva já tinha sido derrotado na ronda inaugural.

Assim, quer Sousa, quer Silva ficam com cerca de cinco dias para prepararem as estreias no Australian Open, que tem início marcado para 8 de fevereiro, segunda-feira.

Total
1
Shares
Total
1
Share