Barty e Kenin superam dificuldades e seguem para os quartos de final

Há mais duas tenistas apuradas para os quartos de final do Yarra Valley Classic: Ashleigh Barty e Sofia Kenin, que superaram dificuldades acrescidas mas confirmaram o teórico favoritismo na jornada desta quarta-feira. As duas tenistas tiveram de enfrentar batalhas de três sets, mas saíram ambas por cima.

Barty, número um mundial, parecia caminhar para um triunfo tranquilo sobre a checa Marie Bouzkova (52.ª), a quem aplicou um “pneu” em pouco mais de meia hora. O encontro estava efetivamente fácil para a líder do ranking, mas Bouzkova decidiu complicar. A checa quebrou o serviço a Barty no segundo parcial e agarrou-se à vantagem com unhas e dentes para forçar a terceira partida. Pelo caminho, eliminou break points em dois dos jogos de serviço.

O terceiro set trouxe oportunidades para ambas, mas nenhuma parecia querer aproveitar. Barty quebrou o serviço a Bouzkova por duas vezes consecutivas, mas em ambas permitiu o contra break. Contudo, a australiana contou com o serviço a bom nível na reta final e apostou tudo na resposta para chegar ao break, que apareceu ao oitavo jogo e a deixou a servir para a conquista do encontro. Ao fim de duas horas e dois minutos, Barty saiu vencedora com os parciais de 6-0, 4-6 e 6-3.

Vida bem mais complicada teve a norte-americana Sofia Kenin, número quatro mundial. A campeã em título do Australian Open mediu forças com a compatriota Jessica Pegula (64.ª), que nunca tinha vencido nos dois encontros que disputaram anteriormente e tudo parecia apontar para que ainda não seria desta.

Kenin encontrou-se numa desvantagem de 7-5 e 4-1 e, pior do que isso, encontrou-se bem longe do seu melhor nível. Contudo, a norte-americana nunca deixou de acreditar e o “clique” aconteceu. O melhor ténis de Kenin começou a fluir e Pegula não teve andamento para acompanhar a compatriota, que triunfou com os parciais de 5-7, 7-5 e 6-2.

Tanto Ashleigh Barty como Sofia Kenin seguem para os quartos de final, mas só a australiana já conhece a próxima adversária. A número um mundial vai medir forças com Shelby Rogers (60.ª), ao passo que Kenin aguarda por Garbiñe Muguruza (15.ª) ou Anastasia Pavlyuchenkova (39.ª).

Total
1
Shares
Total
1
Share