Andy Murray inicia 2021 no circuito Challenger

Peter Staples/ATP Tour

Fora do Australian Open devido a ter estado infetado pela Covid-19 e não ter conseguido viajar para Melbourne, assim como o português João Sousa, o britânico Andy Murray já decidiu onde vai arrancar a nova temporada: no circuito Challenger. O antigo número um mundial está inscrito num torneio em Itália, que tem início a meio do mês de fevereiro.

Andy Murray vai alinhar no Challenger de Biella, que se joga de 15 a 21 de fevereiro. De resto, o torneio em questão será o segundo disputado naquela cidade italiana, que na semana anterior vai acolher um primeiro Challenger. Atualmente no 123.º lugar da hierarquia mundial, o tenista de 33 anos nem sequer será cabeça de série, já que é apenas o 11.º tenista melhor cotado em prova.

Para além de Andy Murray, outros nomes bem conhecidos do circuito ATP estarão a jogar no mesmo Challenger nessa semana. O primeiro cabeça de série será Alejandro Davidovich Fokina, número 54 mundial e outro dos tenistas que ficam de fora do Australian Open. Para além de Fokina, nomes como Lucas Pouille (74.º), Sebastian Korda (103.º) ou Andreas Seppi (106.º) fazem parte do cartaz.

Confira a lista de inscritos no quadro principal:

  1. Alejandro Davidovich Fokina (54.º ATP)
  2. Lucas Pouille (74.º)
  3. Soonwoo Kwon (96.º)
  4. Sebastian Korda (103.º)
  5. Andreas Seppi (106.º)
  6. Kamil Majchrzak (108.º)
  7. Ilya Ivashka (109.º)
  8. Antoine Hoang (119.º)
  9. Damir Dzumhur (120.º)
  10. Evgeny Donskoy (122.º)
  11. Andy Murray (123.º)
  12. Lorenzo Musetti (129.º)
  13. Jason Jung (133.º)
  14. Henri Laaksonen (134.º)
  15. Arthur Rinderknech (135.º)
  16. Federico Gaio (136.º)
  17. Oscar Otte (141.º)
  18. Mohamed Safwat (147.º)
  19. Danilo Petrovic (149.º)
  20. Peter Gojowczyk (151.º)
  21. Bernabe Zapata Miralles (153.º)
  22. Martin Klizan (156.º)
  23. Blaz Rola (157.º)
Total
1
Shares
Total
1
Share