Nuno Borges sagra-se vice-campeão de pares em Antália

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

Foi por muito pouco que Nuno Borges não entrou em 2021 com a conquista de um título no circuito internacional: o português entrou com o pé direito e esteve perto de vencer a final de pares do ITF de 15 mil dólares de Antália, mas acabou por ver o título escapar-lhe no match tie-break.

Ao lado do norte-americano Alexander Rybakov, o jogador maiato de 23 anos perdeu por 2-6, 6-4 e 10-7 para os italianos Raul Brancaccio e Davide Galoppini, um resultado que adia a conquista do sétimo título internacional da carreira na variante.

Horas antes, Nuno Borges também foi afastado nas meias-finais do quadro principal de singulares e por outro tenista italiano.

Total
4
Shares
Total
4
Share