Singapura, Marbella e Belgrado vão receber novos torneios ATP 250

Club de Tenis Puente Romano
Gaspar Ribeiro Lança/Raquetc

A Associação de Tenistas Profissionais (ATP) anunciou, esta quarta-feira, algumas adições ao calendário que se começa a compor para a atual temporada de 2021, com as cidades de Singapura e Marbella a receberem novos torneios e Belgrado escolhida como nova localização de uma prova que já existia.

Nos casos de Singapura e Marbella (Espanha) tratam-se de licenças únicas de um ano que pretendem colmatar as dificuldades sentidas na composição do calendário por causa da pandemia de covid-19.

Singapura será palco de um ATP 250 em piso rápido indoor de 22 a 28 de fevereiro (a semana após o Australian Open), em simultâneo com os torneios de Córdoba (Argentina) e Montpellier (França). Em relação a Marbella, o torneio será jogado na terra batida do histórico e pitoresco Club de Tenis Puente Romano de 5 a 11 de abril, entre os Masters 1000 de Miami e Monte Carlo e ao mesmo tempo que o ATP 250 de Marraquexe (Marrocos).

No mesmo comunicado, a ATP anunciou que o ATP 250 de Budapeste será transferido para Belgrado, na Sérvia, já a partir da atual temporada (19 a 25 de abril, a semana anterior ao Millennium Estoril Open) e que o ATP 250 de Houston (EUA) não será realizado em 2021.

De forma a criar oportunidades extra para os jogadores, os quadros dos ATP 500 do Dubai e Acapulco, bem como dos ATP 250 de Córdoba e Santiago, serão aumentados.

Total
2
Shares
Total
2
Share