800 semanas consecutivas no top-10: o recorde que Nadal alcançou esta segunda-feira

800 semanas consecutivas. Ou, se quisermos, mais de 15 anos. Se chegarmos ao dia de hoje, contarmos para trás cada uma das semanas e verificarmos o ranking ATP em cada uma delas, há um nome que sobressai entre os dez primeiros colocados: Rafael Nadal. Esta segunda-feira, o maiorquino fez história, ao atingir as 800 semanas consecutivas entre os dez melhores tenistas do Mundo.

Nadal já tinha batido o recorde no passado mês de novembro, quando superou as 789 semanas consecutivas de Jimmy Connors, que pertenceu ao top-10 mundial desde 23 de agosto de 1973 e até 3 de outubro de 1988. O espanhol entrou para os dez primeiros a 25 de abril de 2005, um mês antes de vencer o primeiro de 13 títulos em Roland Garros. Desde aí, já esteve perto de cair para fora dos dez melhores – foi o décimo colocado durante mais de um mês em 2015 – mas não só conseguiu permanecer, como esteve durante grande parte das 800 semanas nos primeiros lugares. Entre o primeiro e o segundo postos, Nadal passou 570 delas, 209 como líder da hierarquia.

Recordista em termos de semanas consecutivas, Nadal acaba ainda assim por ser o terceiro colocado quando a estatística tem em conta todas as semanas, sejam de forma consecutiva ou não. Aí, o líder é Roger Federer, que esteve 931 semanas – 734 consecutivas – entre os dez melhores, seguido de Connors (816).

Total
2
Shares
Total
2
Share