Frederico Silva derrota ex-top 50 no qualifying do Australian Open

Beatriz Ruivo/FPT

Frederico Silva assinou, esta segunda-feira, a primeira vitória portuguesa em torneios do Grand Slam no ano de 2021, ao carimbar o apuramento para a segunda ronda do qualifying do Australian Open.

A disputar o primeiro encontro da temporada, o número quatro nacional e 182 ATP superou de forma autoritária o eslovaco Lukas Lacko (200.º), por 6-3 e 6-2.

Apesar de atualmente estar no limite do top 200, Lacko (que tem 33 anos) chegou a ser o 44.º do ranking em janeiro de 2013 e atingiu a terceira ronda de torneios do Grand Slam em quatro ocasiões, duas delas na Austrália.

A vitória desta segunda-feira foi a quinta de Frederico Silva enquanto profissional em torneios do Grand Slam e permite-lhe igualar a prestação de há um ano no Australian Open. Para chegar à ronda de acesso ao quadro principal, o jogador caldense de 25 anos terá de derrotar ou o italiano Matteo Viola (220.º) ou o sérvio Nikola Milojevic (138.º e 18.º cabeça de série do qualifying).

Na véspera, João Domingues foi afastado no encontro de estreia, pelo que Frederico Silva é o único jogador português com hipóteses de se juntar aos compatriotas João Sousa e Pedro Sousa (ambos com entrada direta) no quadro principal do Australian Open, que começa a 8 de fevereiro.

Total
26
Shares
Total
26
Share