Dos estreantes Alcaraz e Tiafoe aos veteranos Federer e Nadal: os premiados ATP de 2020

A poucos dias do Natal, a ATP ofereceu um presente a algumas figuras do circuito masculino, ao revelar os vencedores dos ATP Awards correspondentes a 2020. O sérvio Novak Djokovic e a dupla composta por Mate PavicBruno Soares foram também esta segunda-feira oficializados como os líderes dos rankings de singulares e pares, respetivamente, no fecho da época.

A lista de vencedores conta com nomes para todos os gostos, desde estreantes a veteranos. Roger Federer venceu a distinção para tenista favorito do público em singulares, ao passo que a dupla favorita dos fãs é composta por Jamie MurrayNeal Skupski. Ainda dentro dos veteranos, Rafael Nadal venceu o Stefan Edberg Sportsmanship Award pela terceira vez consecutiva e pela quarta na carreira. Numa categoria onde estavam ainda nomeados John MillmanDiego SchwartzmanDominic Thiem, o maiorquino foi distinguido pelo seu desportivismo.

Mas houve também espaço para estreias. O norte-americano Frances Tiafoe venceu o Arthur Ashe Humanitarian Award, devido às ações humanitárias que protagonizou durante os cinco meses em que o circuito esteve parado. O prodígio espanhol Carlos Alcaraz foi votado pelos tenistas como o jovem do ano, na sequência de um 2020 memorável para o jovem de 17 anos. Com três títulos conquistados no circuito Challenger e a primeira vitória da carreira em quadros principais de eventos ATP, o espanhol subiu 350 lugares em relação a 2019 e terminou a época no 141.º lugar do ranking.

Também Vasek PospisilAndrey Rublev foram vencedores esta segunda-feira. O canadiano, que passou a maior parte de 2019 fora do circuito devido a uma operação às costas, começou a época fora do top 100 e veio a fechar a temporada no 61.º posto, depois de ter conquistado duas finais consecutivas (a segunda e terceira da carreira e as primeiras desde 2014), em Montpellier e Sófia.

Quanto a Andrey Rublev, foi distinguido pelos tenistas do circuito como o tenista com maior evolução. O russo de 23 anos subiu da 23.ª posição até ao oitavo posto, fruto de uma época onde foi o tenista com mais títulos conquistados no circuito: cinco. A par de Novak Djokovic, Rublev foi o tenista com mais vitórias no circuito em 2020: 41, tantas como o sérvio, ainda que contabilize também mais cinco derrotas (dez contra as cinco de Djokovic).

Confira todos os vencedores:

Número 1 do mundo (singulares): Novak Djokovic
Número 1 do mundo (pares): Mate Pavic e Bruno Soares
Regresso do ano: Vasek Pospisil
Jogador com maior evoluçãoAndrey Rublev
Jovem do ano: Carlos Alcaraz
Stefan Edberg Sportsmanship Award: Rafael Nadal
Arthur Ashe Humanitarian Award: Frances Tiafoe
Favorito dos fãs (singulares): Roger Federer
Favoritos dos fãs (pares): Jamie Murray e Neal Skupski
Treinador do ano: Fernando Vicente (técnico de Andrey Rublev)
Tim Gullikson Career Coach Award: Bob Brett
Ron Bookman Media Excellence Award: Kevin Mitchell

Total
2
Shares
Total
2
Share