Sofia Kenin eleita a melhor jogadora do ano pela WTA

A norte-americana Sofia Kenin foi eleita esta terça-feira a melhor jogadora da temporada de 2020 pela WTA. A número quatro mundial junta-se a uma lista muito restrita de compatriotas a vencer a distinção desde que esta foi criada, em 1977.

A temporada de Kenin foi marcada desde cedo por grande sucesso. A jovem de 22 anos conquistou o primeiro Grand Slam da carreira no Australian Open e veio a conquistar um segundo título em 2020, em Lyon. Para além disso, atingiu a final de Roland Garros e foi uma das duas jogadoras a chegarem à segunda semana de todos os Majors realizados esta época.

A conquista deste prémio torna Sofia Kenin na oitava tenista norte-americana a receber a distinção. Assim, Kenin junta-se a uma lista onde já estavam Serena Williams (vencedora em sete ocasiões), Martina Navratilova (venceu também por sete vezes), Lindsay Davenport (recebeu o prémio em duas ocasiões), Tracy AustinChris Evert, Venus WilliamsJennifer Capriati.

No que toca aos outros prémios, Kristina MladenovicTimea Babos foram distintas como a dupla do ano, depois de terem levantado os troféus do Australian Open e de Roland Garros. Iga Swiatek, que se sagrou a mais nova campeã de Roland Garros desde Monica Seles, venceu o galardão para a jogadora com maior evolução durante a temporada. O prémio de estreante do ano foi entregue à argentina Nadia Podoroska, semifinalista em Roland Garros, e Victoria Azarenka, finalista no US Open, foi distinguida com o regresso do ano. Por último, Marie Bouzkova venceu o prémio de desportivismo, o conselho de jogadoras venceu o prémio que distingue quem melhor serviu as jogadoras e o técnico de Iga Swiatek, Piotr Sierzputowski, foi eleito o treinador do ano.

Total
1
Shares
Total
1
Share