Frederico Silva brilha e chega à primeira final Challenger da carreira

Frederico Silva qualificou-se, na tarde deste sábado, para a primeira final da carreira em torneios do circuito Challenger, ao derrotar um dos melhores tenistas brasileiros da atualidade para inscrever o nome no encontro decisivo em São Paulo.

Número 203 do ranking ATP, o português de 25 anos — que enquanto júnior chegou ao top 10 mundial e venceu dois torneios do Grand Slam em pares — somou a segunda vitória do ano frente a João Menezes (204.º), desta vez por 6-4 e 6-3 em 1h18.

A jogar as sextas meias-finais da carreira em torneios do ATP Challenger Tour, o tenista natural das Caldas da Rainha recuperou da desvantagem de um break para construir a vitória frente ao tenista da casa, que se tornou num dos primeiros do planeta a garantir a presença nos próximos Jogos Olímpicos, tendo tomado o controlo do encontro a partir do sétimo jogo.

Já com 16 títulos ITF no currículo, Frederico Silva vai tentar conquistar o primeiro título da carreira no circuito Challenger. Para o fazer, terá de derrotar mais um jogador brasileiro: Felipe Meligeni, que aproveitou o wild card que recebeu e derrotou o compatriota Pedro Sakamoto por 6-2 e 6-4.

Total
20
Shares
Total
20
Share