Nuno Borges e Francisco Cabral sagram-se vice-campeões de pares em Vilhena

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

Os portugueses Nuno Borges e Francisco Cabral sagram-se este sábado vice-campeões da variante de pares do ITF de 15 mil dólares de Vilhena, que se joga nos courts da prestigiada academia do ex-número um mundial Juan Carlos Ferrero.

Campeões nacionais da variante, os tenistas portugueses (que defendiam o estatuto de terceiros cabeças de série) procuravam o sétimo título lado a lado no circuito internacional, mas foram derrotados pelos espanhóis Alberto Barroso Campos e Benjamin Winter Lopez na grande final, pelos parciais de 7-5 e 7-5.

Encerrado o capítulo em Vilhena, segue-se a viagem para Portugal tendo em vista a participação no Maia Open, onde deverão ir novamente a jogo lado a lado. Há cerca de um mês a dupla portuguesa só foi travada nas meias-finais de pares do Lisboa Belém Open e pelos futuros campeões, o também português Gonçalo Oliveira e o dominicano Roberto Cid Subervi.

Total
3
Shares
Total
3
Share