Rublev estreia-se no ATP Finals contra Nadal: “Estou nervoso, mas a pressão está do lado dele”

Andrey Rublev viu a melhor temporada da carreira ser recompensada com o primeiro apuramento para o Nitto ATP Finals, o “Masters” do final do ano no qual se estreia já este domingo, jornada inaugural, frente a nada mais, nada menos do que Rafael Nadal.

Na conferência de imprensa de antevisão da ida a jogo na O2 Arena de Londres, o russo de 23 anos admitiu estar nervoso, mas “atirou” a pressão para o outro lado da rede: “É claro que estou um pouco nervoso, é a minha primeira participação num torneio que reúne os melhores jogadores do ano. Somos humanos e penso que qualquer pessoa estaria a sentir-se como eu. Mas trabalho para este dia há muito tempo e depois de muito sacrifício finalmente chegou. Estou desejoso que chegue domingo. O Rafa é um dos melhores jogadores da história, por isso não tenho nada a perder. Vou jogar o meu ténis e tentar desfrutar. Para ser honesto, a pressão estará toda do lado dele. Eu só tenho de estar concentrado e dar o meu melhor.”

Para além de Nadal, Rublev também partilha o grupo com Stefanos Tsitsipas e Dominic Thiem, os dois protagonistas da final de 2019, pelo que não espera facilidades em nenhum dos encontros: “Todos vão ser muito difíceis. Estamos a falar dos melhores jogadores do mundo, que vão competir entre si para ver qual deles consegue sagrar-se campeão. Joguei um par de vezes com o Thiem e com o Tsitsipas também, consegui ganhar alguns encontros e outros perdi. Tenho a certeza de que vão ser duelos muito divertidos para os espetadores e eu tentarei dar o meu melhor para ganhar o máximo de encontros possíveis.”

Na entrada para o Nitto ATP Finals, Andrey Rublev ocupa o melhor ranking da carreira (8.º) e chega a Londres com cinco títulos conquistados nas cinco finais que disputou em 2020 (Doha, Adelaide, Hamburgo, São Petersburgo e Viena), um registo sem igual.

Total
1
Shares
Total
1
Share