Medvedev de volta a Londres com a missão de “ganhar pelo menos um encontro”

Depois da estreia no ATP Finals em 2019, que terminou com três derrotas em outros tantos jogos na fase de grupos, Daniil Medvedev está de regresso a Londres para a edição de 2020. O principal objetivo do russo é progredir, ou seja, vencer pelo menos um jogo, de acordo com o próprio.

“No ano passado não consegui ganhar, por isso o objetivo este ano é vencer pelo menos um jogo porque já é um progresso”, começou por dizer. “É como eu penso. Claro que, a partir do primeiro jogo, quero mostrar um bom ténis e tentar ganhar o máximo de jogos possível”, acrescentou.

A estreia em Londres é algo que Medvedev nunca vai esquecer, até pelo facto de que esteve a liderar por 5-1 no último set contra Rafael Nadal e acabou por sair derrotado depois de ter estado a apenas um ponto da vitória. “No ténis, a este nível, se perdes quando estavas a ganhar 5-1 e tinhas um match point, não há outra palavra que descreva a situação: é um colapso”, atirou o russo, relembrando que “não se pode alterar o passado, por isso temos apenas que aprender com o que aconteceu”.

Semifinalista do US Open e recém-campeão do Masters 1000 de Paris, Daniil Medvedev chega a Inglaterra com a confiança em alta e feliz por voltar a ser parte do torneio que encerra a temporada. “Estou contente por estar de volta porque significa que foste um dos melhores tenistas da temporada. É sempre bom. Claro que o ano passado não correu como queria. Mas é sempre uma experiência, ainda que não tenha sido das boas. É uma experiência e isso é o ponto-chave“, disse, antes de finalizar: “Estou ansioso por este ano“.

Total
1
Shares
Total
1
Share