John Millman vence primeiro título da carreira na edição inaugural do Astana Open

ATP Tour

Aos 31 anos, o australiano John Millman juntou-se à lista de vencedores de torneios ATP. Depois de duas finais perdidas (Budapeste em 2018 e Tóquio em 2019), a terceira foi de vez para o número 45 mundial. Na edição inaugural do Astana Open, em Nur-Sultan, Millman derrotou o francês Adrian Mannarino (39.º ATP) por 7-5 e 6-1.

Millman, que salvou dois match points no encontro dos quartos de final frente a Tommy Paul, teve que se aplicar para levar de vencida um primeiro parcial extremamente equilibrado. Os break points surgiram apenas na reta final e o australiano foi o primeiro a estar em apuros, com Mannarino a conquistar três oportunidades para lhe quebrar o serviço no nono jogo. Millman aguentou a pressão e, pouco depois, teve que salvar mais dois break points para chegar ao 6-5. Com Mannarino a servir para forçar o tiebreak, o australiano foi muito eficaz e, ao primeiro break point, confirmou a quebra de serviço e, ao mesmo tempo, a vitória na primeira partida.

O desfecho do primeiro set foi fatal para o terceiro cabeça de série. Mannarino não voltou a conseguir discutir o encontro com John Millman, que venceu os últimos cinco jogos do segundo set de forma consecutiva, de maneira a selar o triunfo em uma hora e 49 minutos.

Após a melhor semana da carreira, que culminou na conquista do primeiro título ATP, John Millman vai regressar ao top 40 mundial. O australiano vai subir sete posições e assumir-se como o novo número 38 do mundo, numa semana em que se tornou o quinto jogador em 2020 a conquistar um torneio depois de ter salvo match points no caminho até à final, depois de Novak Djokovic (Dubai), Jiri Vesely (Pune), Reilly Opelka (Delray Beach) e Ugo Humbert (Antuérpia).

Total
1
Shares
Total
1
Share