Gastão Elias continua a vencer e assegura um português finalista em Vale do Lobo

VALE DO LOBO — Primeiro Nuno Borges, depois Gastão Elias. Os dois portugueses ainda em competição voltaram a vencer na jornada desta sexta-feira e vão estar frente-a-frente nas meias-finais de singulares do Vale do Lobo Open, torneio internacional de 25 mil dólares que assim tem assegurada a presença de um jogador “da casa” na grande final de domingo.

Com o primeiro cabeça de série pela frente, Gastão Elias (número 441 ATP) não olhou a classificações e derrotou o croata Viktor Galovic (277.º) em duas partidas, com os parciais de 6-2 e 7-6(0), quando estava decorrida 1h48.

No terceiro encontro com o croata, primeiro em piso rápido, o tenista português de 29 anos somou a segunda vitória graças a uma exibição sólida que só foi manchada pela perda do break de vantagem na reta final do segundo set: Elias venceu 82% dos pontos disputados no primeiro serviço, colocou todas as segundas bolas e converteu 4 dos 9 pontos de break de que dispôs, anulando 6 das 8 investidas de Galovic para segurar um resultado confortável.

As meias-finais no Vale do Lobo Open serão as terceiras de Gastão Elias em quatro torneios ITF disputados desde o regresso ao circuito internacional no pós-confinamento: em Sintra, perdeu na final para Nuno Borges e nos quartos de final da segunda semana; depois, viajou até ao Porto onde conseguiu a desforra sobre o compatriota para ficar com o título — o primeiro em cerca de três anos.

E será precisamente Nuno Borges o adversário que Gastão Elias terá do outro lado da rede nas meias-finais deste sábado. Mas antes, o jovem maiato de 23 anos voltará ao court, ainda esta sexta-feira, para ao lado do amigo Francisco Cabral tentar chegar à final de pares.

Total
4
Shares
Total
4
Share