Tomás Luís travado no encontro de estreia no Vale do Lobo Open

VALE DO LOBO — Três dias depois de ter conquistado o primeiro título da carreira no circuito internacional de sub 18, Tomás Luís foi a jogo no quadro principal de singulares do Vale do Lobo Open (ITF de 25 mil dólares) e acabou por ser travado na eliminatória inaugural.

Convidado pela organização do torneio, que à última hora substituiu aquela que seria a terceira edição do Tavira Tennis Open, o jovem algarvio (que é o atual vice-campeão nacional de sub 18) perdeu por 6-2 e 6-0 para o qualifier Matheus Pucinelli de Almeida, número 949 da hierarquia mundial.

Vindo da vitória no Grade 5 de Portimão, Luís não conseguiu contrariar as probabilidades e cedeu no encontro com o tenista brasileiro ao cabo de 65 minutos, depois de instantes iniciais em que teve a possibilidade de evitar um resultado tão dilatado.

A derrota de Tomás Luís foi a primeira de um jogador português no quadro principal de singulares do Vale do Lobo Open, onde na terça-feira Tiago Cação e Nuno Borges se estrearam com vitórias. Ao mesmo tempo que o jovem algarvio também Gastão Elias entrou em court — e no momento da conclusão deste encontro já liderava por um set e um break frente ao suíço Raphael Baltensperger, estando bem encaminhado para se juntar aos compatriotas na segunda ronda.

 

Total
5
Shares
Total
5
Share