Marbella. João Domingues volta a vencer mais de oito meses depois

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

Pouco mais de oito meses depois, João Domingues, que conquistou a última vitória em encontros oficiais no Rio de Janeiro, voltou a ser feliz. O tenista português apurou-se para a segunda ronda do Challenger de Marbella, em Espanha, ao derrotar o eslovaco Andrej Martin, número 102 mundial e quinto cabeça de série do torneio, pelos parciais de 6-3, 3-6 e 7-6(7).

O encontro arrancou com uma troca de breaks entre ambos nos primeiros quatro jogos. Ao quinto jogo, o tenista de Oliveira de Azeméis voltou a enfrentar um break point, mas conseguiu salvá-lo e confirmar o primeiro jogo de serviço. O encontro entrou numa fase de equilíbrio durante alguns instantes, onde ambos foram capazes de vencer os jogos de serviço, até ao momento em que João Domingues avançou para um novo break, que o deixou a servir para a conquista da primeira partida. O oliveirense esteve à altura da ocasião e confirmou a vitória no primeiro set com um jogo de serviço bem conseguido.

O número três nacional arrancou em grande no segundo parcial e quebrou o serviço de Martin de imediato, colocando-se numa posição privilegiada para colocar um termo na série negativa. Contudo, o eslovaco não só recuperou o break de atraso, como conseguiu ainda uma segunda quebra de serviço, que lhe permitiu responder na mesma moeda e empurrar o encontro para o terceiro set.

Com o ímpeto do seu lado, Martin aproveitou para quebrar o serviço de Domingues a 0 no primeiro jogo do terceiro set. Mais consistente do que na primeira partida e mais próximo do melhor nível, o melhor cotado manteve-se na frente do resultado durante praticamente todo o parcial. Contudo, quando servia a 5-2 para fechar o encontro, Martin claudicou. O eslovaco perdeu o serviço, começou a ter dúvidas de si mesmo e sofreu uma segunda quebra quando serviu novamente para conquistar a partida. Com o resultado em 5-5, João Domingues também voltou a perder o serviço e Andrej Martin serviu pela terceira vez para a vitória e pela terceira vez não conseguiu fechar.

set seguiu para o tiebreak, onde João Domingues conseguiu um mini break madrugador. O oliveirense agarrou-se com unhas e dentes a essa vantagem e foi mantendo a mesma durante praticamente todo o desempate. Contudo, quando servia a 5-3, Domingues viu Martin devolver o mini break e vencer os dois pontos seguintes para chegar ao primeiro match point. De volta ao serviço, o tenista português apagou o match point do marcador e conquistou ele, de seguida, o primeiro match point a favor, que foi salvo por Martin. No entanto, João Domingues avançou para um segundo match point com um winner de direita ao longo da linha e, de volta ao serviço, beneficiou de uma bola para fora do eslovaco para conquistar a vitória.

Apurado para a segunda ronda do quadro principal, onde também está inscrito Pedro Sousa, o número 174 mundial vai defrontar o vencedor do confronto entre Blaz Rola (152.º) e Maxime Janvier (206.º).

Total
6
Shares
Total
6
Share