Oito portugueses na segunda ronda do qualifying do Vale do Lobo Open

VALE DO LOBO — Um total de oito tenistas portugueses garantiram a presença na segunda de três rondas da fase de qualificação do Vale do Lobo Open, torneio internacional de 25 mil dólares pontuável para o “ranking” mundial que a Premier Sports e a Federação Portuguesa de Ténis organizam, entre 25 de outubro e 1 de novembro, nos “courts” de piso rápido da Vale do Lobo Tennis Academy, em Loulé.

No primeiro dia daquele que é o segundo torneio internacional masculino do ano a acontecer na academia algarvia, o primeiro jogador a seguir em frente foi Francisco Cabral. Vice-campeão nacional absoluto em 2015, 2016 e 2019, o portuense não teve dificuldades em passar pelo compatriota Valentin de Carvalho, que venceu com os parciais de 6-1 e 6-1 para confirmar o estatuto de 12.º cabeça de série.

O próximo adversário de Francisco Cabral será Gonçalo Falcão, que também venceu na manhã deste domingo (6-2 e 6-3 frente ao irlandês Osgar O’Hoisin), pelo que está desde já garantida a presença de pelo menos um jogador luso na ronda de acesso ao quadro principal.

Luís Faria também defende um lugar na lista de pré-designados (é o sétimo) e começou igualmente de forma autoritária a participação neste Vale do Lobo Open, ao afastar Francisco Faria com os parciais de 6-3 e 6-0.

A jornada inaugural do Vale do Lobo Open continuou com os dois últimos vencedores do Campeonato Nacional de Sub 18: Pedro Araújo, campeão do torneio em 2020, que superou o senegalês Seydina Andre por 7-5 e 7-5; e Manuel Gonçalves, anterior vencedor, que aplicou os parciais de 6-3 e 6-3 ao compatriota Bernardo Teixeira.

Para a segunda ronda do “qualifying” seguiram ainda Afonso Salgado (6-0 e 6-1 contra Guilherme Silva), Paulo Fernandes (que derrotou Hugo Maia com 7-5 e 7-6[5]) e Diogo Alves, o último vencedor português da jornada, graças aos parciais de 6-2 e 7-6(5) sobre o argentino Nicolas Agustin Lema.

Em sentido contrário, ficaram pelo caminho na primeira ronda Fábio Coelho (que perdeu para o primeiro cabeça de série, Duje Ajdukovic, por 6-4 e 6-4), Daniel Ivanov (7-6[1] e 6-3 a favor de Ting Hou), Tiago Rodrigo Fernandes (6-1 e 6-2 para Max Andrews), Guilherme Sousa Severin (que perdeu na “negra”, por 6-4, 5-7 e 10-8, com João Lucas Reis da Silva), Tiago Torres (derrotado por 6-4 e 6-3 pelo argentino Mariano Kestelboim), Illia Stoliar (6-3 e 6-1 favoráveis a Patrick Foley) e Sebastião Vilas (que esteve perto de passar pelo alemão Paulo Knippling, mas perdeu por 6-2, 5-7 e 12-10).

No domingo jogam-se os 12 encontros relativos à segunda ronda do “qualifying”, com o início de jornada previsto para as 10 horas em quatro “courts” da Vale do Lobo Tennis Academy.

Total
3
Shares
Total
3
Share