Francisca Jorge sagra-se vice-campeã no Funchal

Segunda final consecutiva, o mesmo desfecho. Depois de já ter sido derrotada na grande decisão no Porto Open, Francisca Jorge voltou a não conseguiu levar a melhor na final do Madeira Ladies Open 2020. Perante a bem mais experiente Beatriz Haddad Maia, número 378 do mundo mas que foi 58.ª em setembro de 2017, a número um nacional ofereceu uma boa réplica mas acabou derrotada por 6-3 e 6-3.

Numa final que teve que ser interrompida no fim do primeiro set devido à chuva, Francisca Jorge teve um arranque em falso e cedo se viu a perder por 4-0, com Haddad Maia a conseguir dois breaks consecutivos. A tenista portuguesa iniciou depois uma pequena recuperação, com vitória em três dos quatro jogos seguintes, incluindo a recuperação de uma das quebras de serviço de atraso. Contudo, quando servia para chegar ao 5-4, a vimaranense voltou a ceder o “saque” e, consequentemente, o parcial.

Depois da interrupção, as duas voltaram ao court para iniciar o segundo set, que voltou a ter uma entrada muito forte da tenista natural de São Paulo. Haddad Maia quebrou o serviço de “Kika” bem cedo e adiantou-se por 3-0, depois de ter que salvar um break point para impedir que a número um portuguesa efetuasse o contra break. Francisca Jorge conseguiu depois confirmar os jogos de serviço que se seguiram, mas na resposta nunca conseguiu criar mais dificuldades à adversária, que segurou a vantagem até ao final.

Para Beatriz Haddad Maia, que procura regressar aos lugares que outrora ocupou no ranking mundial, esta é mais uma página dourada na sua passagem por Portugal. A tenista brasileira realizou na Madeira o sexto torneio em solo português nas últimas semanas e conquista o quarto título, depois de já ter ganho em Montemor-o-Novo, Santarém e Porto e de ter sido vice-campeã na Figueira da Foz e semifinalista no Porto Open.

Francisca Jorge, por outro lado, sai da Madeira com a segunda final e o segundo título de vice-campeã consecutivos. A número um nacional vai subir mais alguns lugares no ranking mundial, garantindo um novo máximo de carreira, e tem agora um registo de 3-3 em finais no circuito internacional.

Total
6
Shares
Total
6
Share