Quinta-feira recheada terá Sousa, Oliveira e Borges à procura dos quartos de final

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — Vem aí um dia em cheio: esta quinta-feira, Pedro Sousa, Gonçalo Oliveira e Nuno Borges vão a jogo em busca de um lugar nos quartos de final do quadro principal de singulares do Lisboa Belém Open, torneio que marca o regresso do ATP Challenger Tour a Portugal pela primeira vez em 2020, devido à interrupção nos circuitos causada pela pandemia de covid-19.

O primeiro a entrar em ação será Oliveira (número 285 do ranking ATP), que a partir das 11h enfrenta o cazaque Dmitry Popko (178.º) no primeiro encontro do dia no Estádio CIF.

Depois, não antes das 13h30, o também wild card Borges (500.º) procura os primeiros quartos de final da carreira em torneios Challenger num duelo falado em português, frente ao qualifier brasileiro Guilherme Clezar (270.º).

E logo a seguir Sousa (111.º ATP), que joga em casa e defende o estatuto de segundo cabeça de série, enfrenta o francês Hugo Grenier (248.º), naquele que será o último duelo de singulares da jornada.

A jornada desta quinta-feira conta ainda com três encontros de pares com tenistas portugueses envolvidos, todos agendados para o Court Lisboa: não antes das 11h30, Tiago Cação e João Monteiro medem forças com Chun-hsin Tseng e Kacper Zuk; mais tarde, nunca antes das 15h, Gonçalo Oliveira regressa à ação ao lado de Roberto Cid Subervi, tendo pela frente os terceiros favoritos, Robert Galloway e Denys Molchanov; e, a fechar o dia, Nuno Borges e Francisco Cabral vão lutar por um lugar nas meias-finais, tendo pela frente Orlando Luz e João Menezes.

Total
2
Shares
Total
2
Share