Inês Murta derrotada na estreia no Funchal

Beatriz Ruivo/FPT

Não correu bem a estreia de Inês Murta no Madeira Ladies Open 2020, ITF de 15 mil dólares que se joga esta semana, no Funchal. A tenista portuguesa foi afastada esta terça-feira, na primeira ronda, pela qualifier norte-americana Alexandra Yepifanova. A jovem de 17 anos venceu com os parciais de 6-2 e 6-3.

O encontro não começou nada bem para a tenista algarvia. Murta teve muitas dificuldades e venceu apenas quatro pontos nos primeiros quatro jogos, todos eles ganhos por Yepifanova. A norte-americana abriu ainda uma vantagem de 0-30 no quinto jogo, mas Inês Murta recuperou e conseguiu inscrever o nome no marcador. Até ao fim do parcial, Murta ainda conseguiu vencer um segundo jogo, mas não foi capaz de quebrar o serviço da adversária e cedeu a primeira partida.

O segundo parcial começou exatamente da mesma forma que o primeiro. Yepifanova entrou muito forte, criou dificuldades a Inês Murta e venceu os primeiros quatro jogos de forma consecutiva. No entanto, ao contrário do primeiro set, a portuguesa conseguiu responder melhor e descobrir os primeiros break points a favor. Dos quatro que teve, Murta converteu um, que lhe permitiu reduzir a desvantagem para 3-5. Porém, a tenista algarvia cedeu o jogo de serviço logo a seguir e, por consequência, o encontro.

Com o desaire de Inês Murta, a primeira das cinco portuguesas no quadro principal a entrar em court, a comitiva lusa fica reduzida a quatro elementos: Sara LançaFrancisca JorgeMatilde JorgeMaria Inês Fonte. Apenas a primeira vai a jogo em singulares na jornada desta terça-feira.

Total
3
Shares
Total
3
Share