João Monteiro eliminado na primeira ronda do qualifying do Lisboa Belém Open

Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — Depois de Pedro Araújo, também João Monteiro foi eliminado na primeira ronda da fase de qualificação do Lisboa Belém Open, o torneio do ATP Challenger Tour que se joga no CIF, em Lisboa, e que este ano foi adiado de maio para outro devido à pandemia de covid-19.

Depois de duas participações no quadro principal (quer em 2017, quer em 2018 foi eliminado pelo top 100 Taro Daniel depois de dar muita luta), o portuense de 26 anos recebeu um wild card para o qualifying, onde esteve bem encaminhado, mas não conseguiu surpreender o brasileiro Guilherme Clezar (número 263 do ranking ATP, que foi 153 em 2015) e perdeu por 6-7(5), 6-4 e 6-1 no primeiro encontro da época em terra batida.

Depois de uma boa entrada, em que levou a melhor no tie-break de um longo primeiro set para ganhar vantagem num frente-a-frente falado em português, Monteiro não conseguiu manter o ascendente e sofreu um golpe duro ao ceder o segundo set. Depois de uma breve interrupção, os jogadores regressaram ao court e foi o português quem dispôs primeiro de (duas) oportunidades de break, mas não as conseguiu concretizar e Clezar, que começou a ser mais agressivo, agarrou a liderança do marcador e não mais a largou, apesar do desenrolar do último parcial ter sido mais equilibrado do que o resultado aparenta.

As derrotas de Araújo e Monteiro deixam Tiago Cação (que, tal como os compatriotas, recebeu um wild card) como o único português em jogo no qualifying do Lisboa Belém Open. O jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis joga ainda este sábado, frente a Borna Gojo — croata que é o sexto cabeça de série.

Total
2
Shares
Total
2
Share