Gastão Elias ultrapassa jornada dupla e chega à final do Porto Open

PORTOGastão Elias (507.º ATP) bem tinha avisado que o primeiro encontro do dia não o tinha deixado satisfeito e fez questão de o reforçar no segundo, no qual voltou a vencer para chegar à grande final de singulares do Porto Open — a segunda no espaço de um mês e a mais importante, por se tratar de um torneio de 25 mil dólares.

Livre de quaisquer mazelas físicas, o tenista português de 29 anos alinhou uma exibição sólida e convincente para passar pelo qualifier italiano Giovanni Gonio (556.º) em duas partidas, parciais de 6-4 e 6-3.

Concluído em 93 minutos, o encontro resolveu-se com três breaks: o primeiro foi assinado por Elias ao 1-1 do primeiro set, os restantes ao 1-1 e 5-3 do segundo, logo depois de se livrar de um jogo complicado que poderia ter equilibrado o parcial.

Finalista em Sintra no torneio que marcou o regresso ao circuito ITF quase nove anos depois, Gastão Elias terá, este domingo, mais uma oportunidade de regressar aos títulos — e pode dar-se o caso de enfrentar o mesmo adversário: à hora da conclusão do seu encontro, Nuno Borges liderava o ex-top 117 ATP Stefan Kozlov por 6-3.

Total
2
Shares
Total
2
Share