Nuno Borges volta a derrotar Tiago Cação e regressa às meias-finais do Porto Open

PORTO — Num dos encontros mais aguardados da jornada, Nuno Borges derrotou o compatriota Tiago Cação para chegar às meias-finais do Porto Open, que jogará ainda este sábado no Complexo Desportivo do Monte Aventino.

Na reedição da final do Campeonato Nacional Absoluto, jogado no mesmo palco, o jogador maiato (543.º ATP) conseguiu ser mais forte do que o penichense (544.º) e sair vencedor ao fim de três entusiasmantes parciais, com o resultado de 6-4, 6-7(11) e 6-0.

Na antevisão, os dois tenistas portugueses já tinham afirmado esperar um reencontro mais equilibrado do que o anterior e dentro do court foi isso que se verificou: “taco a taco”, Borges e Cação mantiveram a igualdade no primeiro set até ao 10.º e último jogo, quando o o mais velho dos dois conseguiu fazer o primeiro break do encontro para ganhar vantagem.

O equilíbrio manteve-se no segundo, que também foi pautado por várias trocas de bola prolongadas com os dois jogadores à procura de soluções para fazerem “moça”, até que Cação quebrou o serviço do adversário ao 3-3. No entanto, a vantagem foi de curta duração e o tenista do Centro de Alto Rendimento precisou de um tie-break dramático para igualar o encontro depois de salvar dois match points.

Só que com o segundo parcial terminou, também, a energia, e seis jogos seguidos para o mesmo lado ditaram o resultado final.

Depois de uma queda surpreendente na primeira ronda de 2019, Nuno Borges está a um passo de repetir a presença na final do Porto Open de 2018, quando o torneio ainda se jogava em terra, no Clube de Ténis do Porto. Para o fazer, terá de regressar ao court ainda este sábado — e a tarefa não será nada fácil, uma vez que terá pela frente o norte-americano Stefan Kozlov, atual 393.º do ranking, mas que em fevereiro de 2017 esteve às portas do top 100 (115.º).

Total
14
Shares
Total
14
Share