Djokovic iguala registo de Federer em Paris: à frente só Nadal

Num piscar de olhos, Novak Djokovic qualificou-se para a terceira ronda do torneio de Roland-Garros. E ao fazê-lo o sérvio igualou o registo de Roger Federer, que ao longo da carreira também celebrou 70 vitórias na terra batida de Paris.

Campeão em 2016 e finalista em 2012, 2014 e 2015, o tenista de Belgrado fez Ricardas Berankis passar um mau bocado e venceu por arrasadores 6-1, 6-2 e 6-2, em apenas 1h22, para marcar encontro com

Ao chegar aos 70 triunfos em Roland-Garros, Djokovic assume a segunda posição da lista a par de Federer — que pode ultrapassar já no sábado — e fica apenas atrás daquele que é considerado o rei da superfície (e do torneio), Rafael Nadal, que na quarta-feira somou o 95.º triunfo em Roland-Garros.

Bjorn Borg, o lendário sueco que conquistou por seis vezes o título no Grand Slam parisiense, surge apenas na oitava posição, com 49 vitórias.

95 – Rafael Nadal
70 – NOVAK DJOKOVIC, Roger Federer
58 – Guillermo Vilas
53 – Ivan Lendl
51 – Andre Agassi
50 – Nicola Pietrangeli
49 – Bjorn Borg
47 – Mats Wilander
46 – Jaroslav Drobný

Em Melbourne, Federer detém o recorde de vitórias no Australian Open (102) seguido de Djokovic (75) e Nadal (65), enquanto em Wimbledon o suíço lidera com 101 triunfos, à frente de Jimmy Connors (84) e Djokovic (72). O US Open é o único Grand Slam onde o melhor registo pertence a um jogador que já não está em atividade: precisamente Connors, que somou 98 triunfos ao longo de toda a carreira (Federer é segundo, com 89, e Andre Agassi terceiro, com 79).

Total
3
Shares
Total
3
Share