Pedro Sousa evita surpresa e avança para os quartos de final em Split

Beatriz Ruivo/FPT

O português Pedro Sousa, que defende o estatuto de primeiro cabeça de série no Challenger de Split, já está apurado para os quartos de final do torneio. Esta quarta-feira, o lisboeta levou de vencida o checo Zdenek Kolar (219.º ATP), com os parciais de 6-1, 3-6 e 6-2.

O número dois nacional entrou a todo o gás e fechou o primeiro set em apenas 29 minutos. Apesar de ter sido quebrado no jogo inaugural, Sousa não se deixou ir abaixo e respondeu da melhor forma possível: com uma série de seis jogos consecutivos, que lhe permitiu vencer a primeira partida.

Num jogo que pautou pelas longas batalhas de fundo do court, o atleta luso procurou controlar com a direita e parecia encaminhado para uma vitória tranquila quando, logo no primeiro jogo da segunda partida, quebrou o serviço a Kolar. Contudo, o tenista de 32 anos perdeu a concentração por breves instantes e o jovem checo aproveitou para tornar uma desvantagem de 1-3 num 6-3 que empurrou o jogo para o terceiro set.

O que parecia vir a ser uma vitória tranquila tornou-se de repente num jogo perigoso para Pedro Sousa, que entrou no último parcial a aproximar-se mais do nível que mostrou no primeiro set. O português assumiu a iniciativa com a direita no fundo do court e procurou sempre responder de forma agressiva e profunda ao serviço de Kolar. A fórmula revelou-se efetiva, com Sousa a vencer os primeiros quatro jogos e a colocar-se numa excelente posição para carimbar o passaporte para a ronda seguinte. Num último esforço, Zdenek Kolar recuperou um dos breaks de desvantagem após um longo jogo de serviço de Sousa.

Apesar do sucedido, o tenista português manteve-se firme e não abriu espaço para que Kolar operasse nova reviravolta. O lisboeta ficou perto de devolver a quebra de serviço de imediato, mas Kolar acabou por confirmar o jogo e reduzir para 4-2. De volta ao serviço, Pedro Sousa apresentou confiança, manteve o controlo a partir do fundo do court e avançou para o 5-2, colocando a pressão do lado do tenista de 23 anos, que não conseguiu conter a profundidade de bola do lisboeta e acabou por ceder novamente o serviço e, consequentemente, o encontro.

Com duas vitórias no bolso em solo croata, Pedro Sousa aguarda agora por um adversário nos quartos de final. O tenista português vai cruzar-se com o vencedor do embate entre Tomas Martin Etcheverry (258.º) e Viktor Troicki (192.º), dois tenistas que Sousa nunca antes defrontou.

Total
1
Shares
Total
1
Share